Escolhendo o nome do negócio -
Escolhendo o nome do negócio

Escolhendo o nome do negócio

É etapa obrigatória na construção de qualquer negócio. Não tem jeito. É tão importante que alguns sites arriscam gerar nomes aleatórios para poupar tempo e custo de quem está iniciando um empreendimento.

Basta um bom briefing, um prazo e alguns testes para chegar em bons resultados. Diga-se de passagem, bem melhores que os geradores de nomes aleatórios que existem por aí.


Nome do negócio: divisão por etapas

  1. Briefing. Você precisa identificar o real negócio, os objetivos e o público. No briefing também se definem as restrições e obrigatoriedades que o nome precisa ter. Toda a geração de ideia parte dessas informações.
  2. Pesquisa e geração de ideias. Abra um documento no excel e vá colocando todos os nomes que surgirem na cabeça. Só daí vão surgir muitos nomes. A maioria ruim. Não tem problema. Após o primeiro escape de ideias óbvias, abriremos a criatividade para nomes melhores. Depois disso, informe-se. A internet é rica em conteúdo para qualquer área do conhecimento. Gaste quanto tempo for necessário e vá incluindo no excel os novos nomes. Mude o rumo da pesquisa. Use papel ou post it. Escreva, una palavras, invente palavras, trabalhe com sufixos, prefixos, siglas, aglutinações. As ideias começam a tomar forma.
  3. Repita. Quantas vezes forem necessárias. Alterne o processo do naming com outras atividades. Essa fase pode levar dias. As ideia precisam de um tempo de maturação. Um nome bom pode se tornar ruim no processo e vice versa.
  4. Filtragem por etapas. Dê pontos de 1 a 5 para cada fase de cada nome. Nota ruim é 1, nota ótima é 5.

Provavelmente sua lista chegará a mais de 200 nomes. Quanto mais melhor.

  • Fase I. Elimine os nomes absurdos ou que estão em desacordo com o briefing. Tente chegar nessa fase com no máximo 50 nomes.
  • Fase II. O nome soa bem quando falado? Dê a nota de 1 a 5.
  • Fase III. Há alguma cacofonia? Dê a nota de 1 a 5. Um para muita cacofonia e cinco para nenhuma.
  • Fase IV. O nome é original? De 1 a 5, sendo 1 para nada original e 5 para totalmente original.
  • Fase V. É fácil de transformá-lo em uma imagem? De 1 a 5, sendo 1 para não e 5 para sim.
  • Fase VI. O nome traz sensações positivas? De 1 a 5, sendo 1 para não e 5 para sim.
  • Fase VII. Leve os nomes para outras pessoas. Verifique o grau de empatia e entendimento do negócio através dos nomes selecionados. Peça para elas darem as notas com base nestes critérios. De 1 a 5, sendo 1 para não gostei/não entendi e 5 para gostei/entendi.

Nome do negócio: fase final

Separe os 5 nomes que tiverem os melhores somatórios. Você também pode escolher algum critério caso surja algum empate. Nessa lista final só devem constar as que estiverem disponíveis no INPI e no Registro.br.

A mágica acontece aqui.

Você vai perceber que nomes comuns podem ser bem mais eficientes que alguns aparentemente ótimos. Lembre-se que não deve se tratar somente do seu gosto mas do que o mercado precisa.

Parece complexo mas não é tanto quanto parece. Mas é trabalhoso. Você mesmo pode seguir e chegar a bons nomes mas uma agência de publicidade já tem expertise nisso e pode produzir nomes ótimos num prazo menor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *